Região do Seridó: Divisão da Região do Seridó Potiguar e Paraibano

Divisão da Região do Seridó Potiguar e Paraibano

Barragem Marechal Dutra, mais conhecido como Açude Gargalheiras - Acari / RN

A Ribeira do Seridó foi por muito tempo uma área de litígio entre a então província do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Diante da elevação à condição de vila, Príncipe (atual Caicó) e Acari passaram a reivindicar o território pelo Rio Grande do Norte.

A principal razão era o descontentamento por parte dessas vilas pela má utilização dos impostos do gado em seu território pela administração paraibana. Anexada seus territórios correspondentes por esta província por meio de lei sancionada pela Assembleia Provincial Potiguar em 1835, após abaixo-assinados remetidos pelos "juízes de paz, inspetores, guardas nacionais e proprietários", documento este enviado pelas câmaras das Vilas de Acari e Príncipe, onde se mostravam "contentes em pertencer à Província do Rio Grande do Norte".

Lei que a Paraíba ratificou somente 19 anos depois, em 1854, por ocasião da implementação da Lei de Terras na Capitania e posteriormente no acordo territorial de 1920, que pôs um fim definitivo às disputas pela mencionada ribeira, configurando a divisão atual.

Às disputas pela mencionada ribeira, configurando a divisão atual.

Região do Seridó - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página